Comprar motos de leilão

Published by Carolina on

Como é um leilão de motos?

Existem vários tipos de leilões no mercado, sendo a maioria conduzidos por leiloeiros oficiais, em vez de proprietários de veículos.

Leilões podem ser realizados na modalidade presencial ou online, tendo 4 tipos:

  • Máximo: o maior valor oferecido, compra;
  • Mínimo: um comitê define o valor mínimo para se oferecer pelo veículo;
  • Automático: nesse tipo de leilão nem o leiloeiro sabe o valor do lance, pois esse é registrado no momento do cadastro, e quem deu o maior lance, adquire;
  • Bônus: no caso em que ocorrer empate no lance automático, o lance bônus, informado no momento do cadastro, irá decidir o vencedor.

As motos de leilão são vendidas de acordo com o regimento do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Veja Também:

De onde vêm os veículos dos leilões?

Existem algumas formas dos leiloeiros adquirirem os veículos para leilão:

Apreensões

Os leilões de veículos apreendidos, realizam a venda sob a guarda de autoridades públicas.

Quando um veículo é apreendido por agentes de trânsito tendo irregularidade, o proprietário tem o prazo de 5 dias para regularizar as pendências. Enquanto não é realizada a regulamentação, o Detran (Departamente Estadual de Trânsito), aplicam taxas de multas que vão aumentando a cada dia sem pagar.

Alguns proprietários desistem de recuperar o veículo pelo alto custo das multas e despesas com guincho e diárias do depósito, que muitas vezes ultrapassam o valor do próprio veículo. Sendo assim, ele vai para o leilão.

Montadoras

Os leilões de montadoras são realizados nos momentos em que os fabricantes irão lançar um novo modela e precisam liberar espaço em seus pátios.

Recuperação financeira

Veículos leiloados de recuperação financeira são gerenciados e promovidos o instituições financeiras, vão para leilão quando uma pessoa não pagou o financiamento do veículo.

Órgãos públicos

Os leilões provenientes de órgãos públicos acontecem, geralmente, quando a frota será atualizada.

Pessoas físicas

É possível realizar um leilão do seu próprio veículo, mesmo não sendo um leiloeiro oficial. Nesse caso, o proprietário do veículo que deseja leiloar, o cadastra em um site de leilões, onde quem dá o maior lance, leva o veículo.

Como fazer a regularização da moto adquirida em leilão?

A moto autorizada a circular é a moto que não foi adquirida em leilões de sucata, devendo estar em boas condições.

A regularização da moto adquirida pelo leilão é simples. É realizado o mesmo processo feito quando um veículo é adquirido de outro proprietário, devendo ser feita em até 30 dias após o arremate.

Para a regularização, o arrematante deve ir até o Detran de seu estado, com seus documentos (CPF e CNH), e os documentos fornecidos no leilão, no caso do antigo proprietário e do veículo.P

Se a moto tiver alguma dívida, o proprietário anterior será o responsável por quitá-las.

O IPVA do veículo será de responsabilidade do novo proprietário, a partir do ano em que a moto foi adquirida.

Leilão de veículos da Receita Federal:


0 Comments

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.